Aviso

USE O LINK ACIMA PARA CONTATO SOBRE EVENTUAIS ENFRENTAMENTOS DE FASES NEGATIVAS, TROCA DE EXPERIÊNCIAS, BUSCA DE REEQUILÍBRIO.

domingo, 21 de dezembro de 2014

NATAL-2014


Mais uma vez o Natal se aproxima. Hoje é solstício de verão e o Astro se põe bem alto no céu. Incontáveis culturas humanas do Mundo Antigo festejavam o Rei de Luz que se erguia lá, bem acima, de onde tudo podia ver e iluminar.

Segundo parte da Tradição, cada astro físico do Universo é o corpo físico de um Ser cuja elevação não permite âncora menor, a fim de bem suportar pela curvatura do espaço as miríades de interpenetrações dentre espectros, planos, dimensões, enfim, no vários Universos do qual o físico é pálido sustentáculo estrutural.

Nosso orbe permeia-se com a contraparte astral de um Ser que, dentre tantos nomes, é também chamado Gaia.

Respiramos na atmosfera espiritual desse Ser que nos conduz pela ressonância irresistível de sua Mente. Mas o Astro Rei de nosso Sistema, que também é o corpo "carnal" de um Ser de ainda mais inimaginável evolução, determina com Sua Mente que as fagulhas humanas conquistem seu próprio brilho...

Daí a epigênese que construímos com o livre arbítrio que nos cabe, aquela parte do destino que podemos mudar, não muito grande mas, nem por isso, de importância menor que a própria Luz que nos habita e mantém vivos.

Em 25 de dezembro comemoramos a interação do Deus-Sol, o mesmo a que tantos clamam como se não estivesse na essência de cada um de nós.

Jesus-Mitra-Krischa-Hórus (e tantos outros nomes mais) é o fruto da redução extrema, em dor, sofrimento e desapego, que o nosso Cristo Planetário nos doou e doa, descendo à forma humana para nos soar as Verdades Eternas.

Que cada gota do sangue do Mestre não lhe escape à lembrança quando as gotas de lágrimas insistirem em turvar-lhe a visão.

FELIZ NATAL!!!

Marco Aurélio Leite da Silva

EsoEstudos - Estudos Esotéricos Livres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos livres em nossos pensamentos, opiniões, convicções. Seja bem-vindo! --- Obs.: tendo recebido comentários ofensivos sob o véu do anonimato, vi-me obrigado a não permitir mais mensagens sem identificação. Peço a compreensão dos amigos que aqui já postaram como anônimos antes, mas, infelizmente, nem todos têm senso de urbanidade e cidadania.