Aviso

USE O LINK ACIMA PARA CONTATO SOBRE EVENTUAIS ENFRENTAMENTOS DE FASES NEGATIVAS, TROCA DE EXPERIÊNCIAS, BUSCA DE REEQUILÍBRIO.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Deus - existência, inexistência...

Curioso como tantas pessoas debatem-se em polêmicas acerca da existência ou não de Deus. É uma daquelas discussões que quase sempre levam a ironias de parte a parte, beirando ao desrespeito para com a opinião conflitante. Na verdade a grande ironia reside no aspecto filosófico de que, sendo Deus considerado o Criador de tudo o que existe (ponto comum a partir do qual partem os que concordam e os que discordam da existência), é Ele essencialmente inexistente. Não faz sentido separar-se o Criador da Criação, da mesma forma que os órgãos responsáveis pela respiração não se confundem com a atividade respiratória em si. Não se cogita do sistema respiratório senão pela atividade que desempenha: a respiração em si é real, mas é algo apenas "abstrato" do ponto de vista da interação dos órgãos respiratórios atuando em conjunto. Então, o Criador é inexistente do ponto de vista da Criação, mas como a Criação está aí, contínua no fluxo dos fenômenos que se sucedem na existência objetivamente perceptível, temos que o Criador é inerente a ela. Deus, pois, existe e não existe, conforme tenhamos essa ou aquela restrição de apreço pelo ângulo a ser considerado na questão. Um pouco mais de ironia: TODOS estão certos, ainda que parcialmente (se é que isso é possível do ponto de vista filosófico).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos livres em nossos pensamentos, opiniões, convicções. Seja bem-vindo! --- Obs.: tendo recebido comentários ofensivos sob o véu do anonimato, vi-me obrigado a não permitir mais mensagens sem identificação. Peço a compreensão dos amigos que aqui já postaram como anônimos antes, mas, infelizmente, nem todos têm senso de urbanidade e cidadania.