Aviso

USE O LINK ACIMA PARA CONTATO SOBRE EVENTUAIS ENFRENTAMENTOS DE FASES NEGATIVAS, TROCA DE EXPERIÊNCIAS, BUSCA DE REEQUILÍBRIO.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Criador e Criação

O saudoso Raulzito, em sua já clássica Gita, esculpiu uma frase muito significativa: "Saiba que eu estou em você mas você não está em mim". Não encontrei melhor forma de exprimir a onipresença do Criador em cada criatura. Somos evolucionários habitantes da matéria densa. Nosso organismo é um imenso emaranhado de macromoléculas interativas em um ajuste fino de reações bioquímicas. No outro extremo, o Pai Eterno, sobre o qual praticamente nada podemos saber. A mônada celeste habita cada ser humano na comunhão do Criador com sua criação, sem embargo de não termos sobre esse liame senão um construto de pura imaginação conceitual. Curiosamente, tanto nos ensinamentos rosacruzes (linha de Heindel) como em meio aos vastos documentos do Livro de Urântia, aprendemos que nos imensos planos existenciais que intermedeiam o mundo da matéria física e a mais elevada dimensão os liames são de molde a ligar diretamente os extremos, enquanto que os demais se ajustam em coligações simetricamente concêntricas. Disso resulta que entre Deus e o homem existe, sim, uma ligação direta, uma semente plantada no coração que vibra em harmônico gravíssimo porém perfeito do tom original advindo da própria Divindade. Como o tresloucado Raul disse ("tresloucado", aqui, de forma carinhosa), Deus está em cada um de nós, mas nós não estamos Nele. A religião, que se jacta da origem terminológica ("religare" - religar o homem a Deus), certamente não vem conseguindo grandes avanços em seu mister essencial. Humildemente prefiro buscar a elevação de meu tom vibratório pela livre adoção de tudo aquilo que, nos limites de minha pequenez, já consigo identificar como "bom". "Bom", sim, no sentido de adequado e cooperante para a minha evolução e para a evolução de tantos semelhantes quantos comigo tenham contato, de uma forma ou de outra. Sem dúvida agrada aos olhos de Deus qualquer ateu que tenha boa-vontade, indulgência e perdão para com seu semelhante, muito mais do que o fervoroso habitué de templos que exaure nisso sua busca pelos harmônicos mais refinados da sinfonia evolutiva. Paz e Serenidade!

Um comentário:

  1. As colunas do céu permanecem firme ainda que sábios e doutos da ciências as dinamitem dia a dia.

    o arauto

    ResponderExcluir

Somos livres em nossos pensamentos, opiniões, convicções. Seja bem-vindo! --- Obs.: tendo recebido comentários ofensivos sob o véu do anonimato, vi-me obrigado a não permitir mais mensagens sem identificação. Peço a compreensão dos amigos que aqui já postaram como anônimos antes, mas, infelizmente, nem todos têm senso de urbanidade e cidadania.